O Portal de Notícias da Agricultura Capixaba

Home Notícias Eventos

11.08.2017


6ª Semana Tecnológica do Agronegócio: Indicação Geográfica e sua potencialidade para as cadeias produtivas do ES em debate dia 18

 

 

A 6ª Semana Tecnológica do Agronegócio (STA) vai abrir espaço na sua programação para o tema “Indicação Geográfica e sua Potencialidade para as Cadeias Produtivas do Espírito Santo”. A palestra está marcada para o dia 18 (sexta-feira), no Parque de Exposições de Santa Teresa, na região serrana do Espírito Santo. A STA acontecerá entre os dias 16 e 19, numa realização da Cooperativa Agropecuária Centro-Serrana (Coopeavi).

 

O palestrante Anselmo Buss Júnior, do Instituto Inovates (ES), vai mostrar que a diversidade apresentada pelo Brasil no seu território resulta na existência de muitos produtos diferenciados por seu contexto cultural, histórico, social, ambiental e econômico. Esta condição evidencia um grande potencial para o desenvolvimento de Indicações Geográficas (IGs).

 

As Indicações Geográficas constituem um ativo de Propriedade Industrial e uma importante ferramenta na proteção e promoção de áreas geográficas vinculadas a produtos e serviços específicos. O registro das Indicações Geográficas proporciona melhoria da qualidade de produtos e serviços e viabiliza o acesso a nichos de mercado. 

 

Ainda de acordo com Buss, as IGs possibilitam aos pequenos negócios estabelecer um diferencial frente aos concorrentes, estimulam o desenvolvimento da governança local, o aprimoramento dos processos produtivos e o incremento do turismo e das atividades culturais da região. Favorecem, portanto, o desenvolvimento das áreas geográficas demarcadas e a valorização das pessoas que ali vivem e produzem. 

 

As indicações Geográficas são reconhecidas no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC) por meio do Acordo sobre Aspectos dos Direitos de Propriedade Intelectual Relacionados ao Comércio (TRIPS), possibilitando aos pequenos negócios que integram essas IG uma oportunidade de acessarem os mercados com produtos diferenciados, mesmo produzindo em pequena escala. 

 

Para o gerente do Negócio Café da Coopeavi, Giliarde Cardoso, a proposta da palestra é colocar os cooperados a par dessa iniciativa. “A discussão vai de encontro a uma tendência de mercado em que cada vez mais o consumidor busca informações sobre a origem do produto. Tendo isso em vista, os produtores poderão despertar a vontade de integrar essa rede, principalmente no caso dos café especiais”, avalia.  

 

A 6ª STA

A 6ª Semana Tecnológica do Agronegócio (STA) será realizada de 16 a 19 de agosto, no Parque de Exposições de Santa Teresa. Serão quatro dias de palestras com temas atuais ligados ao agronegócio e espaço para negócios e lazer para produtores rurais e suas famílias. A cooperativa aguarda público de aproximadamente 5.000 pessoas. A abertura está prevista para as 13 horas da quarta-feira (16).

 

O evento é considerado também a melhor oportunidade para os produtores associados à Coopeavi fecharem negócios, aproveitando as condições únicas de preços especiais na feira e garantindo rentabilidade para a lavoura.

 

O vice-presidente da Coopeavi, Denilson Potratz, destaca a importância da participação dos produtores rurais. “Eles já criaram uma identidade com a feira e aguardam ansiosos esse momento porque a cooperativa, junto aos seus parceiros, garante melhores preços em insumos e o produtor pode dar prosseguimento a sua lavoura. E a família também pode estar presente, pois é uma oportunidade para conhecer novas tendências do agronegócio”, diz Potratz.

 

Durante os quatro dias do evento, ainda funcionará uma praça de alimentação e atividades recreativas. Os destaques são a cafeteria e omeleteria, restaurantes, espaços gourmet e kids, além de apresentações culturais regionais.A 6ª STA

 

Confira a programação completa abaixo!

 

16 de agosto (quarta-feira)

13h- Abertura da feira

14h- Cooperativismo: o agro que dá negócios- Turma 1

19h- Cooperativismo: o agro que dá negócios- Turma 2

20h- Encerramento do dia

 

17 de agosto (quinta-feira)        

8h- Abertura da feira

11h- Melhoramento genético do tomate: menos trabalho e mais produtividade?

13h- Ganho de produtividade com a poda do tomateiro

20h- Os perigos da laringotraqueíte infecciosa para o seu negócio (Qualificaves)

20h- Jantar de encerramento

 

18 de agosto (sexta-feira)

8h- Abertura da feira

9h30- Indicação Geográfica e certificações: tudo o que você precisa saber

11h- Por que a adubação nitrogenada é mais eficiente?

13h- Agricultura de precisão na cafeicultura de montanha é possível?

14h- Como economizar com o sistema de controle para irrigação e fertirrigação?

20h- Encerramento do dia

 

19 de agosto (sábado)

8h- Abertura da feira

10h- Os desafios das mulheres para construir um novo cooperativismo

13h- Saiba como o manejo pré e pós-parto está ligado à eficiência reprodutiva das vacas

15h- Sorteio de 3 microtratores 18 HP com rotativa de solo

18h- Encerramento do evento  

 

 

 

Comentários


Edições


Confira todas as edições

28 3553-2333

28 99976-1113

jornalismo@safraes.com.br

 

Av. Espírito Santo, 69 - 2º Pavimento - CEP: 29.560-000 - Guaçui - ES

© Revista Safra. Todos os direitos reservados.

 

 

Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.

produção do site - www.cadetudo.com.br