O Portal de Notícias da Agricultura Capixaba

Home Notícias Reportagem Especial

04.02.2018


Pioneira na produção de morangos orgânicos na região do Caparaó trocou a cidade pela roça

 

 

 

A agricultura é a bandeira de Isabel Rodrigues Barbosa, em Guaçuí. Formada em Administração de Empresas, ela trocou a cidade pelo campo há 16 anos e apostou na produção de morangos. Bel, como é mais conhecida, enfrentou até mesmo a desconfiança de um secretário de Agricultura, que não acreditava que seria possível produzir morango de qualidade em Guaçuí, considerando clima e relevo. Hoje, acredita ter feito a escolha certa. Os produtos Morambel são referência na região do Caparaó.

 

 

Em 2010, Bel largou o emprego numa indústria de polpa de suco para se dedicar exclusivamente à produção de morangos no sítio dos pais, na comunidade Areia Branca, no distrito de São Pedro de Rates.

 

Ela já produzia morangos orgânicos antes mesmo do segmento conquistar o mercado. “Sempre produzi seguindo as práticas do orgânico, todo o processo é manual e sem a utilização de herbicidas”, conta a primeira produtora de morango orgânico da região do Caparaó, certificada há quatro anos.

 

Isabel tem a parceria do marido, Emerval Siqueira, na lavoura. Os dois contam com a ajuda de um sobrinho e da filha Elisa, quando ela está pela cidade. Em época de colheita é necessário contratar mão de obra extra.

 

Realizada com sua escolha pelo campo, Bel destaca a importância da agricultura, principalmente a familiar. “Vejo produtores cabisbaixos, percebo que se sentem tristes quando as vendas não estão boas. Sempre tento motivá-los. O produtor e produtora precisam se empoderar, compreender sua importância no dia a dia. Nós abastecemos o planeta, com ou sem instrução escolar”, alerta Isabel.

 

E foi com o plantio e a venda de morangos, trabalhando na lavoura, o que para muitos ainda é considerado serviço “braçal”, de importância menor, que ela viu a família prosperar. “A mudança de vida, a escolha por morar na roça foi acertada. Trabalhando na cidade, dificilmente poderia dar aos meus filhos conforto e estudo da forma que gostaria. E tudo que obtido através da agricultura, dos morangos. Minha filha mais velha, Lara, está em São Paulo, trabalha na área da Publicidade. Minha filha Elisa, foi aprovada recentemente no vestibular de Medicina na Universidade Estadual do Rio de Janeiro, a UERJ, o meu caçula, Francis, mora comigo”, resume, orgulhosa, Bel.

 

Mercado

Para garantir renda durante o ano, Isabel apostou na comercialização de seus morangos orgânicos não apenas in natura. Ela tem os morangos congelados, em calda e a geleia.

 

Atualmente, os produtos Morambel podem ser encontrados na Feira Agroecológica de Guaçuí, na praça da Matriz, às quintas-feiras. Ela também expõe seus produtos na Pousada Vovô Zinho, aos domingos, das 10h às 15h. Tem delivery também. O serviço funciona todas as sextas-feiras. E, em breve, será possível encontrar os produtos no comércio local, conversas com interessados estão em andamento.

 

Minha opinião - Daniel Borges

Isabel fez sua revolução ao fazer o êxodo urbano no interior do Espírito Santo em pleno século XXI. Foi na contramão e prosperou em busca melhores condições para a família. É a prova viva de que a agricultura tem força e – sem trocadilhos – pode gerar bons frutos. Melhor qualidade vida, renda e condições de proporcionar os estudos que os filhos desejam, sem dúvida faz Isabel crer que esta seja a melhor colheita de sua produção de morangos em Areia Branca, no pacato distrito de São Pedro de Rates, em Guaçuí.

 

fonte: AQUI NOTICIAS

 

Comentários


Edições


Confira todas as edições

28 3553-2333

28 99976-1113

jornalismo@safraes.com.br

 

Av. Espírito Santo, 69 - 2º Pavimento - CEP: 29.560-000 - Guaçui - ES

© Revista Safra. Todos os direitos reservados.

 

 

Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.