Home Notícias Cafeicultura

27.09.2018


Baristas de elite em visita de ‘familiarização’ no Caparaó

Grupo de 12 profissionais encerra hoje agenda em Pedra Menina, Dores do Rio Preto (ES), como parte das ações para obtenção da Indicação Geográfica para os cafés da região

 

 

*Leandro Fidelis

Começou na última terça-feira (25) e termina hoje a visita de familiarização (“Fam Barista”) de 12 baristas de elite de todo o país aos cafeicultores de Pedra Menina (Dores do Rio Preto), no Caparaó capixaba. O grupo veio a convite do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Associação dos Produtores de Cafés Especiais do Caparaó (Apec) e parceiros. A ação faz parte do processo para obtenção da Indicação Geográfica (IG) para os cafés da região.

 

Os baristas atuam em cafeteiras reconhecidas pelo trabalho que fazem na valorização das origens produtoras e respectivos produtores. Segundo Cecília Nakao, produtora e uma das idealizadoras da IG, a visita pretende oferecer uma autêntica experiência com os cafeicultores familiares.

Os cafeicultores aproveitaram a oportunidade para uma sessão oficial de fotos para o projeto da IG. (*Fotos: Divulgação)

 

“O objetivo é qualificar a narrativa dos cafés do Caparaó nas cafeteiras onde atuam os baristas, favorecer o aumento das vendas dos nossos cafés e promover a agricultura familiar, a sustentabilidade e a paisagem além do Parque Nacional do Caparaó”, destaca Cecília.

 

Cada barista foi acolhido na casa de um cafeicultor para estimular o estreitamento das relações entre as duas pontas: o produtor e quem entrega café ao consumidor final. “Os produtores são ícones nacionais. O evento também incluiu aqueles que são promessa e a grande rede de parceiros que trabalha junto pela crença no desenvolvimento deste território também por meio da cafeicultura de qualidade".

 

A “Fam Barista” consiste na familiarização entre baristas e prestadores de serviços associados à cadeia produtiva do café e os produtores, o território e os parceiros. De acordo com Cecília Nakao, esta é “a estratégia desenhada e em processo de implantação com muito zelo” para fomentar e divulgar os cafés do Caparaó.

Os baristas atuam em cafeteiras reconhecidas pelo trabalho que fazem na valorização das origens produtoras e respectivos produtores.

 

Comentários


Edições


Confira todas as edições

28 3553-2333

28 99976-1113

jornalismo@safraes.com.br

 

Av. Espírito Santo, 69 - 2º Pavimento - CEP: 29.560-000 - Guaçui - ES

© Revista Safra. Todos os direitos reservados.

 

 

Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.