Home Notícias Cafeicultura

02.10.2018


Sooretama é o 3º município que mais produz café no Brasil

 

 

*Redação

 

Sooretama, no norte capixaba, é o maior produtor de café conilon do Estado e terceiro do Brasil, segundo dados da Pesquisa Agrícola Municipal (PAM) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgada em setembro. O município produziu 28,7 mil toneladas de conilon, o equivalente a 478 mil sacas piladas em 2017.

 

Emancipado há menos de 25 anos, Sooretama vem registrando crescimento na cafeicultura nos últimos anos. Dentre outros fatores, colhe duas toneladas de café a cada hectare plantado. Este é considerado um dos melhores coeficientes de rendimento da produção no Espírito Santo.

 

O mesmo levantamento indica outros municípios capixabas com as maiores safras de conilon e arábica no ano passado. Além de Sooretama, figuram São Mateus (26,9 mil toneladas), Linhares (18,7 mil t), Montanha (18,6 t) e Nova Venécia (15,8 mil t).

 

Para o prefeito de Sooretama, Alessandro Torezani, o resultado da última safra deixa evidente a força da agricultura sooretamense. “Enxergamos esse potencial e desde o início da gestão criamos ações em benefício da agricultura com base no planejamento estratégico. As nossas estradas recebem manutenção constante, facilitando o escoamento da produção, e incentivamos a agricultura familiar e o desenvolvimento local dos produtores”, disse.

(*Foto: Divulgação)

 

Vocação

Segundo reportagem publicada no jornal “A Gazeta” de ontem (1º), um dos fatores determinantes para a produção de café estadual, independentemente da variedade, é a alta produtividade das lavouras.

 

O rendimento médio aumentou 11,7% em 2017 em comparação com 2016. Isto significa que a cada hectare plantado foi colhido em média 1,36 mil quilos do grão.

 

Vale lembrar que o Estado é o segundo maior produtor de café brasileiro. As 552,4 mil toneladas colhidas representam 26% de toda a produção nacional. Segundo o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), a cafeicultura engloba os 78 municípios capixabas, onde emprega de forma direta e indireta 250 mil pessoas.

 

Além de contribuir no saldo nacional, o Espírito Santo é atualmente o maior Estado produtor de conilon, colocando o país como segundo produtor mundial. De acordo com o Incaper, o Estado é responsável por entre 75% e 78% da produção de conilon do Brasil e por até 20% da produção mundial.

 

Iúna se torna maior produtor de arábica, diz Censo Agropecuário

De acordo com os resultados preliminares do Censo Agropecuário 2017, do IBGE, Iúna foi o maior produtor de café arábica do Estado no ano passado, com um total de 11.186,169 toneladas. O levantamento abrangeu um total de 2.141 estabelecimentos rurais.

 

Mesmo não sendo a cidade com maior número de propriedades rurais e com as condições climáticas ruins nos últimos quatro anos, Iúna conseguiu obter o melhor resultado entre os municípios. O Espírito Santo foi o segundo maior produtor do país, com um total de 113.454,440 mil toneladas, sendo 10% desta produção originada do município.

 

Comentários


Edições


Confira todas as edições

28 3553-2333

28 99976-1113

jornalismo@safraes.com.br

 

Av. Espírito Santo, 69 - 2º Pavimento - CEP: 29.560-000 - Guaçui - ES

© Revista Safra. Todos os direitos reservados.

 

 

Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.