Home Notícias Cooperativismo

03.10.2018


Núcleos femininos: participação e ganho de autoestima nas cooperativas

 

 

No último fim de semana foi realizado o II Workshop dos Núcleos Femininos das Cooperativas Capixabas, o evento foi realizado no Sesc de Aracruz e teve início na sexta-feira (28) e terminou no domingo (30). As Cooperativas Cooabriel, Veneza, Selita, Cooptac, Coocafé, Unimed Sul Capixaba e Sicoob Centro Serrano, enviaram ao todo 200 representantes para os dias de aprendizado, compartilhamento e lazer.

 

 

A abertura do evento foi realizada pelo superintendente do Sistema OCB/ES, Sr. Carlos André Santos de Oliveira em seguida houve a apresentação dos quatro núcleos mais antigos do ES e as experiências e conhecimentos adquiridos ao longo dos anos desde a constituição em suas Cooperativas. D. Leda Maria Bravim Colombi, representando a Cooabriel; D. Gilda Mariano, representando a Selita; Fernanda Zavarize, representando a Veneza e Renata Eller, representando a Cooptac; foram a injeção motivadora para o início do Workshop.

 

E para finalizar o primeiro dia de trabalhos, aconteceu a palestra motivacional de Betth Ripolli, que além de palestrante é também musicista, empresária e apresentadora de TV online. Betth trouxe emoções do íntimo das participantes através de experiências vividas por ela própria em âmbito pessoal e também profissional. O forte da palestrante é a música e ela cantou e encantou as 200 mulheres com grandes sucessos nacionais e internacionais, além de músicas de sua autoria.

 

 

 

O sábado começou bem cedo com a apresentação teatral feita pelas meninas da Cooabriel, de Cora Coralina. Logo depois o palestrante Lucas Fonseca falou sobre desertar o que há de melhor em cada um de nós e nos fez refletir sobre pensamentos e atitudes que podem ser modificados. O poder está em nós mesmos e temos que querer mudar.

 

Essas palestras podem provocar mudanças e ao ouvir a coordenadora do Núcleo da Cooabriel, Nadya Bronelle, isso ficou claro.  Ela conta que recebeu um depoimento de uma futura integrante do grupo que participou do evento, que disse estar se sentindo a rainha do café. Antes, na roça, ela se sentia a lavradora, a apanhadora, a braçal, o que não é vergonha alguma; porém com o Encontro ela percebeu que é muito mais e está voltando para casa com muito mais energia e a autoestima elevadíssima. 

 

“E é isso que os encontros proporcionam às integrantes dos Núcleos desde o início, tanto que é um evento muito esperado. E o retorno que elas levam para a Cooabriel é que estando motivadas, elas acabam fazendo um ambiente familiar melhor e isso impacta diretamente na relação cooperado x Cooabriel e ajuda até mesmo no aumento da produção. O Núcleo é o xodó do Sr. Toninho, nosso presidente, e tenho certeza que ele irá tirar o chapéu para a organização da OCB/ES, principalmente como membro do Conselho e diria que acertaram em cheio. Nosso presidente enxerga o trabalho do Núcleo como o brilhante da Cooabriel, a cereja do bolo. E é isso o que nos deixa cada vez mais fortalecidas! O encontro superou todas as expectativas”, disse ela. 

 

E não terminou por aí... O Workshop ainda contou com o compartilhamento de experiências vindas de outros estados, com convidadas do Amazonas, que trouxeram experiências de liderança à frente de Cooperativas de artesanato e transporte. Foi um bate papo enriquecedor. 

 

(*Fotos: Divulgação)

 

Para a representante do Núcleo do Sicoob Centro Serrano, Sra. Delair Maria Corona, um dos pontos principais para o sucesso é a organização. Ela assistiu aos cases de sucesso do Amazonas e contou que o Núcleo do Sicoob existe há três anos, mas assim que participaram do primeiro encontro que aconteceu em 2016, o grupo deu uma parada, pois não tinha diretoria e ficaram quase um ano sem realizar nenhum tipo de atividade. 

 

“Mas do início do ano passado para cá, a diretoria do Sicoob passou a incentivar mais e começamos a nos organizar. Inclusive a diretoria do Sicoob disponibilizou alguns funcionários para nos auxiliar e há um ano eu entrei como coordenadora. Agora temos um regimento para ser cumprido e ficou melhor de se trabalhar. Inclusive estamos focando na parte ambiental do município. E o encontro está sendo muito importante, principalmente para aquelas que ainda não participaram, para que possam nos ajudar mais em nossa administração e sinto que todas estão bastante preocupadas com o projeto que iremos realizar. Esse é nosso dever de casa e vamos cumprir, todas estão engajadas e animadas. Eu comecei motivando e agora também sou motivada por elas”, contou.

 

A parte da tarde teve foco no empreendedorismo com a Diretora Executiva, Consultora Organizacional, Head Trainer e Coach de Líderes, Roberta Kato. Foram duas horas inteiras sobre o tema, uma aula de empreendedorismo.

E para finalizar o ciclo de palestras com o astral lá em cima, a convidada foi Leila Navarro. Uma palestrante que faz muito além de uma simples palestra, ela dá show. Aos 65 anos, a palestrante mostrou que a idade não é limitadora para ninguém e que as mulheres são poderosas desde o dia em que nasceram.

 

Para a coordenadora do Núcleo da Selita, Sra. Adeir Lopes Correa, palestras como as realizadas durante o Workshop, levantam a autoestima das mulheres, valorizam como pessoa e promovem uma reflexão quanto mulher na sociedade, na família e na Cooperativa. “E isso retorna em entusiasmo, que faz com que elas queiram ser cada vez melhores. Aumenta o valor das mulheres no meio em que estão inseridas. Dou nota dez para esse encontro, parabéns para a organização da OCB/ES”, afirmou Adeir. 

 

Quem também apoia esse tipo de evento é a coordenadora do Núcleo da Veneza, Sra. Zilma Mendonça. Segundo ela os próprios encontros foram modificando e trazendo ideias novas que foram aprimorando o grupo da Veneza. “Foram proporcionadas inúmeras mudanças tanto no íntimo delas quanto em proporcionar melhores condições de vida e ainda uma integração maior para a Cooperativa. O encontro foi maravilhoso e a cada participação voltamos mais motivadas”, concluiu. 

 

Já a coordenadora do Núcleo da Cooptac, Renata Eller, além de ter percebido um aumento na autoestima das mulheres e o fortalecimento de suas personalidades, também notou uma participação mais ativa na vida da Cooperativa com participação efetiva em AGOs e reuniões. “Bom para elas e para a Cooptac”, finalizou.

 

Na noite do sábado, após os trabalhos, as mulheres ainda puderam curtir festa com DJ, comida de boteco e muita animação. E na manhã de domingo puderam tirar a manhã de folga para curtir as dependências do Sesc de Aracruz. (*Fonte: Mariana Garcia - Analista de Comunicação do Sistema OCB/ES)

 

Comentários


Edições


Confira todas as edições

28 3553-2333

28 99976-1113

jornalismo@safraes.com.br

 

Av. Espírito Santo, 69 - 2º Pavimento - CEP: 29.560-000 - Guaçui - ES

© Revista Safra. Todos os direitos reservados.

 

 

Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.