Home Notícias Cafeicultura

26.10.2018


Inauguração: Unidade de Referência avalia a qualidade de conilon em Linhares

 

 

Na Unidade de Referência em Qualidade de Cafés: o pesquisador do Incaper, José Altino Machado Filho, o Secretário Municipal de Linhares, Franco Fiorot e especialistas em cafés a nível internacional.

 

A qualidade da cafeicultura de conilon de Linhares, no Norte do Espírito Santo, ganhou um reforço especial. Foi inaugurada nesta sexta (26) a Unidade de Referência em Qualidade de Cafés. A unidade fica instalada no Centro de Pesquisa e Inovação Norte (CPDI Norte), na Fazenda Experimental do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) em Linhares.

 

O evento é realizado pelo Incaper em parceria com a Nescafé, Robusta Coffee, Sebrae, Senar e Prefeitura de Linhares.

 

Para o subsecretário de Estado da Agricultura, Marcus Magalhães, a abertura do laboratório agrega valor ao café Conilon da região. "Estamos terminando o ano com chave de ouro. Linhares voltou a ser o maior produtor de café Conilon do Estado. E a abertura do laboratório, que é de muita qualidade, traz o conhecimento para dentro Fazenda do Incaper. É importante destacar também que vem reconquistando o mercado interno e internacionais e o futuro é promissor".

 

A Diretora-presidente do Incaper, Nara Sthefania Tedesco, lembrou que o conilon gera mais de 250 mil empregos diretos e indiretos para o Espírito Santo, levando qualidade de vida às famílias rurais. “A produtividade de conilon evoluiu muito nos últimos 25 anos, graças as tecnologias desenvolvidas pelo Incaper com o apoio de todos os parceiros. Este é mais um resultado de um trabalho árduo e diário entre a pesquisa e a extensão rural, que leva o conilon a ser a principal fonte de renda em 80% das propriedades rurais capixabas. Paralelo a isso, continuamos a alavancar o mercado com profissionais cada vez mais qualificados”, completou.

 

O Secretário Municipal de AgriculturaFranco Fiorot afirmou que essa é mais uma conquista para a região Norte do Espírito Santo. “Nós buscamos elevar, em parceria, o padrão de qualidade de nossos cafés para aumentar, cada vez mais, o mercado de cafés especiais. Vale lembrarmos que recentemente o município de Linhares liderou a produção de conilon no Estado”, disse.

 

Na ocasião, os cafés foram degustados por especialistas em cafés a nível internacional, chamados oficialmente como “R Grader”. É o caso de Arthur Fiorot, que lembrou que para tal etapa são levados em conta atributos tais como, sabor, retro gosto, salinidade, acidez, amargura e doçura, sensação na boca durante a degustação, equilíbrio e conjunto dos elementos. Estes elementos poderão totalizar até 100 pontos para os cafés e, a partir de 80 pontos, os cafés já são classificados como robustas finos.

 

O evento também marcou a Fase de Avaliação do Concurso Municipal de Qualidade do Café Conilon – Linhares Coffee. A premiação do concurso, que deve ser realizada em novembro, será marcada por um dia de campo que vai apresentar informações técnicas a respeito da produção de café conilon de qualidade.

 

O pesquisador do Incaper, José Altino Machado Filho, reforçou que quando falamos na unidade de referência, não estamos nos referindo a apenas de um laboratório. “Chegamos há muitos anos, com um solo sagrado para a pesquisa. Portanto, este será mais um espaço que estará sempre de portas abertas para os empresários e para os produtores rurais. A nossa intenção é continuar a formar degustadores preparados, pensando em ampliar este mercado afim de fornecer emprego e aumento de renda das famílias da região norte”, disse.

 

“A unidade é um marco para os cafés especiais do estado. Com o apoio do Estado e outras instituições foi formado um núcleo de degustadores de nível internacional para a degustação e transferência de conhecimentos dos cafés especiais do Espírito Santo. Nesta unidade já foram provados os melhores cafés do estado para eventos como a Semana Internacional do Café, que este ano acontecerá em novembro, e com certeza será um grande percursor de outros eventos nacionais e internacionais”, lembrou o diretor comercial do Robusta Coffee e degustador “R Grader”, Thiago Orletti.

 

 “Ao certificar, por meio de análises, a qualidade dos cafés cultivados nas suas Fazendas Experimentais, o Incaper tem a segurança ainda maior de entregar ao produtor rural uma tecnologia testada e aprovada”, disse Abraão Carlos Verdin Filho, pesquisador do Incaper e coordenador técnico de cafeicultura.

 

A coordenadora do Centro de Pesquisa do Incaper na região Norte, Sara Dousseau Arantes, lembrou que a unidade de referência irá recuperar e alavancar todo o trabalho de qualidade desenvolvido para o conilon de toda a região norte do Estado. Segundo ela, serão desenvolvidos novos cursos e outras pesquisas com parcerias privadas, pensando na qualidade dos cafés. (*Fonte e foto: AssCom Incaper)

 

Comentários


Edições


Confira todas as edições

28 3553-2333

28 99976-1113

jornalismo@safraes.com.br

 

Av. Espírito Santo, 69 - 2º Pavimento - CEP: 29.560-000 - Guaçui - ES

© Revista Safra. Todos os direitos reservados.

 

 

Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.