Home Notícias Concurso de qualidade

06.11.2018


Saca é arrematada por R$ 13 mil no Conexão Caparaó

Greciano Lacerda, de Dores do Rio Preto (ES), foi campeão do concurso promovido entre cafeicultores da região limítrofe entre ES e MG no último fim de semana

 

 

Martin Hudak (de avental), barista eslovaco e campeão mundial de "Coffee in the Good Spirits 2017" (drinks utilizando café) palestrou no evento. 

 

*Leandro Fidelis

(De Pedra Menina)

 

Recorde absoluto no Conexão Caparaó 2018 em Pedra Menina, distrito de Dores do Rio Preto. O cafeicultor Greciano Lacerda, morador do município, teve uma saca arrematada por dois compradores ao preço de R$ 13.200,00 no leilão que encerrou o evento no último sábado (03), no Armazém Caparaó.

 

Durante três dias, dezenas de apreciadores da bebida passaram pelo local, no caminho para o Pico da Bandeira. Baristas renomados, produtores, técnicos e turistas circularam por estandes, palestras e oficinas no evento realizado pela Associação dos Produtores Rurais de Pedra Menina (Aprupem).

 

Voltado para associados e em sua segunda edição, o Concurso de Qualidade é considerado o único do Brasil com a inscrição de apenas uma saca. Ao todo foram 27 inscritos, sendo que 11 sacas tiveram o direito de participar do leilão.

(*Fotos: Leandro Fidelis)

 

“Com a inscrição de apenas uma saca, quem nunca fez café especial consegue fazer e participar do concurso. Não tivemos nenhum café abaixo de 83 pontos”, destaca a idealizadora e coordenadora do Conexão Caparaó, Cecília Nakao.

 

As sacas de café ficaram expostas no local do evento, identificadas pelos respectivos nomes dos produtores. O leilão movimentou R$ 32.850,00. Após o devido pagamento, os compradores puderam levar a saca embora, sem a burocracia comum em outros leilões.

 

Uma das compradoras foi a mestre de torra da Lucca Cafés Especiais, de Curitiba, Georgia Franco, que há quatro anos utiliza cafés do Caparaó. Ela se diz surpresa em sua primeira participação no júri do concurso.

Georgia Franco com as sacas finalistas e o o vencedor do Campeonato de Aeropress 2017, Leonardo Gonçalves, que ministrou workshop.

 

“Marquei várias sacas para o leilão. E mesmo algumas não se classificando, fiz questão de adquiri-las. Não é uma questão de nota e, sim, de perfil baseado no gosto dos nossos clientes”, afirma Georgia.

 

Caravana rumo à SIC

Ainda com mais notoriedade nos últimos anos, os cafés da região do entorno da terceira montanha mais alta do Brasil estarão expostos na Semana Internacional do Café, de amanhã até a próxima sexta-feira (09), em Belo Horizonte.

 

Com apoio do Sicoob Credisudeste e do Sebrae, 150 cafeicultores embarcam para a capital mineira para divulgar os grãos do Caparaó, como parte das ações para obtenção da Indicação Geográfica (IG).

 

Além disso, 15 produtores da Abrupem estão entre os 150 finalistas do concurso “Coffee of The Year 2018- Melhor Café 2018”.

 

“Dez por cento é muita coisa para quem não era nem um por cento há bem pouco tempo atrás na competição. Os produtores vão vestir a camisa do Caparaó e fazer bonito no evento”, diz o presidente da Associação de Pedra Menina, José Alexandre de Lacerda.

Cecília Nakao, idealizadora do Conexão Caparaó, e José Alexandre de Lacerda, presidente da Abrupem.

 

Comentários


Edições


Confira todas as edições

28 3553-2333

28 99976-1113

jornalismo@safraes.com.br

 

Av. Espírito Santo, 69 - 2º Pavimento - CEP: 29.560-000 - Guaçui - ES

© Revista Safra. Todos os direitos reservados.

 

 

Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.