Home Notícias Cafeicultura

08.11.2018


Cafeicultores de Guaçuí exportam para Argélia, China e Portugal

 

 

Produtores de Guaçuí embarcaram, ontem (07), 880 sacas de café especial para a Argélia. De acordo com informações do presidente da Cooperativa de Produtores Rurais do Espírito Santo (Coopres), Ricardo Moreira, o produtor irá receber de R$ 150 a R$ 200 a mais por saca.

 

“Este café de 80 a 83 pontos, o mercado não valoriza, mas é um café muito bom, com um valor excelente no mercado internacional”, explica o presidente da cooperativa. Um carregamento para a China está previsto para acontecer no próximo dia 22. Para Portugal, a data ainda será definida.

 

“A cooperativa já existe há um tempo e estávamos trabalhando para ligar o produtor direto ao comprador final, neste caso internacional. É uma luta que está dando certo e o maior beneficiado disso é o produtor, que irá receber no café de tipo 80 a 83 pontos, cerca de R$ 150 a R$ 200 reais a mais por saca do que o mercado paga”, disse Ricardo Moreira.

 

Segundo a Metodologia de Avaliação Sensorial da SCA (Specialty Coffee Association), usada no mundo todo, café especial é todo aquele que atinge, no mínimo, 80 pontos na escala de pontuação da metodologia (que vai até 100), sendo avaliados atributos como aroma, uniformidade, sabor, acidez, finalização e harmonia, por exemplo. (*Texto de Martim Barbosa/ Aqui Notícias).

(*Foto: Martim Barbosa/Divulgação)

 

Comentários


Edições


Confira todas as edições

28 3553-2333

28 99976-1113

jornalismo@safraes.com.br

 

Av. Espírito Santo, 69 - 2º Pavimento - CEP: 29.560-000 - Guaçui - ES

© Revista Safra. Todos os direitos reservados.

 

 

Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.