Home Notícias Fruticultura

28.11.2018


Linhares lança programa pioneiro em fruticultura

O programa vai coordenar as ações estratégicas para Polos Especializados com o incentivo de novas culturas frutíferas como goiaba, uva, acerola, graviola e caju

 

 

O prefeito de Linhares Guerino Zanon anunciou, na tarde desta quarta-feira (27), a elaboração do Programa Municipal de Fruticultura, primeiro de fomento para implementar novas cadeias produtivas exclusiva do setor no Município. O programa vai coordenar as ações estratégicas para implementar as cadeias produtivas da fruticultura local, desde a produção até a comercialização com a implantação de Polos Especializados com a finalidade de desenvolver o setor de forma moderna, sustentável e competitiva. 

 

A iniciativa é mais um eixo do Plano Agro da secretaria municipal de Agricultura, Aquicultura e Abastecimento que é colocado em prática. Atualmente Linhares é destaque na produção de maracujá, coco, banana, laranja e goiaba, além de ser o principal exportador de mamão papaia para os Estados Unidos e alguns países da Europa. Após o início dos trabalhos, a consultoria irá realizar uma série de reuniões técnicas, com empresas do mercado e com as comunidades, além de estudos nas regiões, para a construção do programa.

 

O programa será elaborado por meio de uma consultoria especializada, com a participação de instituições do segmento e entidades representativas de produtores, levando em consideração as condições climáticas e de relevo, as exigências de cada cultura e a aptidão dos produtores rurais das comunidades linharenses que serão envolvidas no Programa. A fruticultura em geral é o principal arranjo produtivo local de Linhares gerando 3.533 empregos pelas 300 empresas locais na produção e no beneficiamento, segundo dados do Instituto Futura e da Agência de Desenvolvimento de Linhares (Adel).

 

(*Fotos: Divulgação)

 

De acordo com o secretário da pasta, Franco Fiorot, o município possui condições climáticas e de solo para aumentar a produção de frutas ampliando a participação da atividade nas economias linharense e capixaba. "O setor possui grande potencial de geração de renda e empregos e, com a melhoria dos padrões de qualidade, podem-se ampliar os mercados consumidores, inclusive para exportação", acrescenta o secretário.

 

O objetivo do Plano que será elaborado é o de estabelecer novos polos de frutas no município de acordo com as aptidões locais. Franco Fiorot ressalta que a qualificação e capacitação de técnicos e agricultores também terá prioridade dentro do programa, assim como ações de defesa sanitária vegetal e de produção de mudas de qualidade, e, principalmente buscar e incentivar a diversificação da propriedade rural, gerando renda e também, fixar as famílias no campo. 

 

De acordo com Aureliano Nogueira da Costa, pesquisador especialista em fruticultura que também participou do encontro, o plano objetiva incentivar a fruticultura como mais uma opção dentro da propriedade, aproveitando o potencial da agroindústria local e gerando mais renda para o produtor. "Novas culturas frutíferas como goiaba, uva, acerola, graviola, caju, podem ser fomentadas após avaliar as viabilidade técnicas que serão analisadas durante a elaboração do Programa", destacou.

 

O prefeito de Linhares Guerino Zanon disse que o objetivo do programa é gerar renda, emprego e mais desenvolvimento para o Município. "O programa vai englobar os pequenos e grandes produtores. Nosso objetivo é o de aumentar a produtividade e a qualidade das frutas produzidas, garantindo a sustentabilidade do setor. Agindo dessa forma, a Prefeitura estará contribuindo para aumentar a oferta de frutas para o mercado, o que gera emprego e renda, e consolidando Linhares como um grande polo de produção e industrialização de frutas no Espírito anto e no Brasil", disse Guerino. 

 

O evento contou com as presenças de vereadores e de representantes do setor: Rodrigo Martins , presidente da Brapex e empresário do setor de fruticultura; Antonio Roberte Bourguignon, presidente do Sindicato Rural de Linhares; Pedro Soares, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Linhares; Lucas Calazans, chefe regional do Incaper; Dione da Silveira, chefe do escritório do Idaf em Linhares; Adriano Souza, representante da indústria Trop Frutas do Brasil e Leão Alimentos; Erli Ropke, técnico especializado em fruticultura e empresário; Jaques Mazzei, empresário do setor de fruticultura; Geraldo Fereguetti e Geraldo Mognato, consultores da empresa Nortes Consultoria contratada para realizar o trabalho; Aureliano Nogueira da Costa, pesquisador especialista em fruticultura e  colaborador do projeto, e Rafael Breda Buffon, diretor da Secretaria de Agricultura. (*Fonte: AssCom Prefeitura de Linhares)

 

Comentários


Edições


Confira todas as edições

28 3553-2333

28 99976-1113

jornalismo@safraes.com.br

 

Av. Espírito Santo, 69 - 2º Pavimento - CEP: 29.560-000 - Guaçui - ES

© Revista Safra. Todos os direitos reservados.

 

 

Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.