Ter, 26 de Mar

Agricultura


Prefeito de Linhares anuncia ações que beneficiam produtores

As ações visam uma produção com qualidade e melhores meios de comercialização

Por Assessoria de Comunicação Prefeitura de Linhares
14/03/2019 23h55
Atualizado em 22/03/2019 21h35

Divulgação

O prefeito de Linhares, Guerino Zanon, o vice-prefeito, Paulo Joaquim do Nascimento, os secretários de Agricultura, Franco Fiorot, e de Meio Ambiente, Fabrício Borghi, se reuniram ontem (13), na Findes, com representantes de associações e instituições ligadas à agricultura, para anunciar boas notícias voltadas à produção de café em Linhares. O diretor geral da Fimag, Romulo Barreto, também apresentou os serviços da maior empresa fabricante de equipamentos para beneficiamento de grãos da América Latina, que se instalará em breve no município.

Na ocasião, foi assinada a normativa que trata sobre o licenciamento de secadores de café; foi apresentado o projeto de lei do Programa Municipal de Qualidade de Café -Linhares Coffee, para melhorias do Conilon, que foi encaminhado à Câmara Municipal para ser instituído. O primeiro anúncio veio do secretário de Meio Ambiente, Fabrício Borghi, que destacou as mudanças no processo de licenciamento ambiental da atividade de secagem mecânica de grãos.

"Antes a emissão da licença ambiental para instalação de secadores de café era morosa e com altas taxas. Com a instituição do licenciamento simplificado, o tempo de análise de projeto é mais curto, os estudos técnicos são mais simples, e os valores da taxas bem menores. A maioria dos secadores de Linhares se enquadra no licenciamento simplificado, o que permitirá menos gastos para o produtor, além de mais agilidade no projeto. Ser mais simples, não quer dizer que está permitida a prática de atividades poluidoras e ocupações de áreas inapropriadas", disse o secretário de Meio Ambiente.

O Programa Municipal de Qualidade de Café - Linhares Coffee esse ano vem com novidades. "Em 2019 são muitas as propostas a serem trabalhadas. A primeira já iniciamos com os produtores que é o treinamento sobre o processo de produção do café com qualidade e suas exigências para o mercado. Além disso, vamos realizar um dia de campo sobre manejo e mecanização da lavoura e duas visita técnicas: em uma fazenda em São Domingos do Norte, que é referência na cafeicultura de qualidade, e outra na propriedade do vencedor do concurso Linhares Coffee, no ano passado, para entender qual foi o processo de produção que o premiou. Vamos promover o café com cultura, uma parceria com a Secretaria de Turismo de Linhares, e também o concurso de melhor café, onde os dez melhores vão em missão técnica na Semana Internacional do Café que acontecerá em Belo Horizonte", detalhou o secretário de Agricultura, Franco Fiorot.

O presidente da Associação de Produtores e Moradores de Baixo Quartel, Douglas Peruchi, disse que está vivendo uma realidade que esperava há tempos. "Estamos saindo de um rótulo de estar na roça para uma nova era de trabalho. Nunca vi políticas públicas tão próximas do produtor, que vem buscando resultados para o homem do campo. Isso muito me emociona", disse.

O prefeito de Linhares, Guerino Zanon, destacou que as ações da administração estão voltadas para o presente, projetando um futuro promissor. "O café representa hoje 27% do PIB agropecuário do município e a busca por uma produção com qualidade e melhores meios de comercialização são prioridades da nossa gestão. O licenciamento simplificado é mais uma ação que veio para somar", relatou.

Também estiveram presentes o vereador Jean Menezes, a presidente da Associaçao de Moradores de Rio Quartel, Terezinha Vergna, a diretora do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Linhares, Matilde Garabelli, o presidente da Associação de Moradores do Aviso, Amarildo Gimenez e o presidente da Aprucof, José de Melo, diretor da Associação de Produtores Rurais de São Judas, Geovani Rigoni, o diretor da Associação Agricultura Forte, Renato Bianchini, representando a Coopeavi, Leonardo Machado, o responsável pela Unidade de Referência de Qualidade de Café de Linhares, José Altino Machado Filho.

Fimag O Grupo FIMAG é a terceira maior empresa fabricante de equipamentos para beneficiamento de grãos da América Latina. O diretor geral da Fimag, Romulo Barreto, apresentou o projeto e disse que a estimativa é gerar no início da operação 150 empregos diretos e indiretos, podendo chegar na fase de estabilização a 250. "Anuncio de primeira mão que acabamos de adquirir mais 10 mil m² de área, aumentando para 20 mil², o que permitirá com a unidade fabril em Linhares dobrarmos a nossa capacidade de produção. Nossa idéia na safra do ano que vem é ser atendida toda aqui. Ter uma empresa próxima do produtor permitirá a redução dos custos de impostos e o frete gratuito na compra", explicou Barreto.

A empresa será instalada na região industrial do distrito de Bebedouro e, na fase de implantação do projeto serão contratadas em média 50 pessoas. A previsão é de que as obras tenham início ainda no mês de março deste ano. A operação parcial está prevista para o mês de julho deste ano, e a total, em dezembro. A Fimag desenvolverá no município a fabricação de máquinas agrícolas e em até 18 meses inicia-se a operação para um dos setores do grupo, a fabricação de peças industriais sob encomenda.

"Estamos muito felizes por escolherem Linhares para sediar uma filial da empresa e priorizarem a mão de obra com trabalhadores locais. A instalação da Fimag mostra mais uma vez que estamos no caminho certo, pois nossa gestão está focada em atrair novos investimentos com responsabilidade, possibilitando ambientes produtivos, competitivos, sustentável e inovador, além de buscar o fortalecimento das empresas que já se encontraram instaladas no nosso município", frisou Zanon.


Comentários Facebook

Entre em contato


28 3553-2333
28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Av. Espírito Santo, 69 - 2º Pavimento
CEP: 29.560-000 - Guaçui - ES

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2019. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web