Dom, 15 de Set
×

Busca

safra es

Agroindústria


Agroindústrias de Linhares poderão comercializar seus produtos em todo o Estado

Por Assessoria de Comunicação Prefeitura de Linhares
5/09/2019 19h06

*Fotos: AssCom PML

Linhares é o primeiro município do Norte e o 6º do Espírito Santo a receber o reconhecimento de equivalência para adesão ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar de Pequeno Porte (Susaf/ES). A entrega da portaria aconteceu nesta quarta-feira (04), na sede da Findes, no bairro Aviso.

O sistema permitirá ao Serviço de Inspeção Municipal (S.I.M), da Prefeitura de Linhares, atuar na fiscalização e formalização dos estabelecimentos processadores de produtos de origem animal, possibilitando a industrialização dos produtos, diversificação das atividades e comercialização fora do município.

Com essa equivalência, o Serviço de Inspeção Municipal terá autonomia para incluir os estabelecimentos que atendam aos requisitos do Decreto 4308-R de 21 de setembro de 2018: sejam localizados em zona rural; destinados exclusivamente ao processamento de produtos de origem animal; área construída não superior a 200 m²; e mão de obra familiar, sendo permitido a contratação de até cinco empregados.

“O sistema visa à promoção e equivalência entre os serviços de inspeção, conforme procedimentos de regulamentação e fiscalização de produtos de origem animal da agroindústria de pequeno porte. O Susaf atua de forma direta, na comercialização desses produtos inicialmente restrita ao município, estendendo-se ao estado. Ele permitirá ao produtor incrementar suas atividades, o que vai gerar mais possibilidades de trabalho, renda e desenvolvimento. Isso só foi possível graças ao empenho da equipe da secretaria que cumpriu com todas às exigências do Governo do Estado”, declarou o secretário de Agricultura, Franco Fiorot, enfatizando que, a partir de 2017, Linhares de um salto de uma para dez agroindústrias registradas no S.I.M.

A primeira agroindústria incluída no sistema foi a Queijaria da Fazenda, dos proprietários Djalma Soeiro Filho e Gustavo Dambroz Soeiro Banhos, localizada em Desengano, que falaram da alegria e os avanços que o documento permitirá ao seu negócio. “Apesar de ser um processo difícil, mas ele é possível. Fomos nos adequando às normas de legislação do Idaf e serviço de inspeção de Linhares até que conseguimos a adesão. Agora as portas vão se abrir e vamos conseguir vender para todos os municípios do Espírito Santo”, informaram.

Produtos lácteos da Queijaria da Fazenda. (*Foto: Leandro Fidelis/Arquivo Safra ES)

O prefeito de Linhares, Guerino Zanon, destacou que o Serviço de Inspeção Municipal tem um papel muito importante na sociedade, garantindo ao consumidor produtos com qualidade e segurança alimentar, agregando valor a sua produção e a adesão ao Susaf vem para reforçar ainda mais esses pontos.

“Os estabelecimentos incluídos neste Sistema poderão comercializar seus produtos em todo território estadual, isso resultará no fortalecimento do desenvolvimento do setor rural, na diversificação das atividades produtivas, agregação de valor aos produtos, gerando emprego e renda, garantindo a qualidade higiênico-sanitária dos produtos que chegam até a casa do consumidor”, ressaltou.

A coordenadora do S.I.M., Luiza Vargas Forzza Miguel, e médica veterinária, Marcela Proença Durão, falaram da alegria de vencer muitos desafios e conquistar a adesão. “Estamos muito felizes em saber que estamos desempenhando um trabalho que temos colhidos bons resultados, como este. Quem ganha com a adesão do Susaf é a agroindústria que tem uma abertura de mercado e o consumidor, com a garantia da qualidade higiênico-sanitária dos produtos”, pontuaram.

O presidente do Idaf, Mário Louzada, disse que Linhares é um município polo de uma região importante, aderindo a um sistema que tem o poder de levar o produto da agroindústria para todos os municípios. “Linhares conceder o selo do Susaf permite as empresas venderem em todo estado e isso significa renda nas propriedades rurais, mais empreendedorismo, aumento de emprego e renda, além do dinamismo do agronegócio. Costumo dizer que é dinheiro na veia da propriedade rural, porque a agricultura familiar não só os homens, mas principalmente mulheres e jovens que não foram para o campo. Para nós é muito significativo Linhares ter esse momento de ser autorizada a emitir o selo, por ser formadora de opinião no norte do estado e outros municípios virão por causa de Linhares, porque os produtores da agroindústria vão começar a cobrar de seus municípios o selo para também conseguir comercializar seus produtos em todas as prateleiras do Espírito Santo”, destacou.

Estiveram presentes no evento proprietários de agroindústria que já possuem o Certificado de Registro no Serviço de Inspeção Municipal (S.I.M), representantes do Incaper e Idaf, secretários municipais e de instituições ligadas ao setor.


Comentários Facebook

Entre em contato


28 3553-2333
28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2019. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web