Sáb, 19 de Jun
×

Busca

SENAR OUTUBRO TOPO

Agroturismo


Espírito Santo tem nova rota turística nas montanhas; veja outras que estão em análise

Iniciativa estimula o turismo nas regiões, colaborando com o fomento da economia local

Por Assessoria de imprensa Ales
8/06/2021 9h24
Atualizado em 9/06/2021 11h25

A Rota do Vale do Empoçado é a mais nova iniciativa para fortalecer o turismo rural e ecológico no Estado. Instituída pela Lei 11.301/2021, publicada nesta segunda-feira (7), no Diário Oficial do Estado, ela compreende uma relevante rota de interesse turístico, ambiental e cultural localizada perto do centro de Afonso Cláudio, município da Região Serrana. A lei é de autoria do deputado Coronel Alexandre Quintino (PSL).

O objetivo da iniciativa é fortalecer o turismo rural e ecológico na região, que conta com belezas naturais e propriedades rurais em que é possível adquirir produtos da agricultura familiar, com destaque para os queijos, café especial, geleias de frutas, arroz orgânico, palmitos, entre outros.

Em meio a um conjunto de pedras graníticas - como as da Lajinha, Elefante e Cabrito -, o Vale do Empoçado oferece trilhas e opções para alimentação e hospedagem.É também possível praticar turismo de aventura na região, que conta com vias de escaladas e escalaminhadas.

Novas rotas

Foram protocoladas neste ano diversas proposições com o objetivo de criar rotas turísticas no Espírito Santo. A última foi o Projeto de Lei (PL) 230/2021, para instituir a Rota Mirante de São Pedro Frio, localizada entre os municípios de Pancas e Colatina. A ideia é atrair visitantes para as cidades e gerar renda e emprego para os moradores das regiões.

Já a PL 225/2021, que cria a Rota do Pico da Bandeira, que tem como municípios integrantes Ibitirama e Dores do Rio Preto. O pico é o terceiro ponto mais alto do país, com 2.891,32 metros de altitude, e está localizado no Parque Nacional do Caparaó, na serra do Caparaó, divisa entre os municípios de Ibitirama (Espírito Santo) e Alto Caparaó (Minas Gerais).

Há ainda o PL 226/2021, que estabelece a Rota dos Pontões no município de Mimoso do Sul. O lugar fica no distrito de Conceição do Muqui, onde predomina o clima frio e belezas naturais exuberantes. O ponto culminante, o Pico dos Pontões, tem 1.938 metros de altitude.

O PL 181/2021, cria a rota do Monte Aghá, com trajetos partindo dos municípios de Itapemirim e de Piúma. Já o PL 173/2021, de Carlos Von (Avante), institui oficialmente oito rotas turísticas. A matéria faz referência ao Programa de Regionalização do Turismo do Ministério do Turismo, lançado em 2004 e adotado pelo Estado, que definiu inicialmente 10 rotas de interesse turístico, contudo, em seguida esse número passou para oito.

Frade e Freira

Por fim, já está em vigor a Lei 11.254/202, responsável por criar a Rota do Frade e a Freira, que contempla os municípios de Cachoeiro de Itapemirim, Rio Novo do Sul e Vargem Alta.

Foto de capa: Lucas Silva/Ales/divulgação


Comentários Facebook

Entre em contato


28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2021. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web