Qua, 23 de Set
×

Busca

OCB TOPO

Anuário do Agro Capixaba


As flores ganharam o Espírito Santo

Cadeia produtiva das flores gera mais de oito mil empregos e movimenta R$ 10 milhões por ano no Estado

Por Fernanda Zandonadi
4/03/2020 13h53
Atualizado em 23/03/2020 19h44

(Fotos: *Divulgação)

As flores encontraram terreno fértil no Espírito Santo e uma atividade que desponta como alternativa de renda para as famílias que vivem no meio rural. Hoje, a floricultura já ocupa cerca de 163 hectares em dezessete municípios capixabas, com 900 agricultores envolvidos no cultivo, o que gera mais de oito mil empregos na cadeia produtiva e movimenta mais de R$ 10 milhões por ano. Os municípios que mais se destacam na produção são Santa Teresa e Guaçuí.


Os produtores se mobilizam para organizar a produção. Este ano, uma reunião entre a Secretaria de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), e a Associação de Produtores de Flores e Plantas Ornamentais da Região Sul/Caparaó-ES (Sulcaflor) deu mais um passo para a criação de um polo voltado à floricultura no sul do Estado, com participação de institutos, universidades e demais entidades interessadas.


A Sulcaflor busca parcerias para alavancar não apenas a produção de flores, mas também a criação de estruturas que contribuam para o desenvolvimento econômico e turístico da região.


O papel da associação nessa atividade seria o de levantar os locais para a instalação dessas unidades demonstrativas nas propriedades rurais. Dessa forma, em vez de concentrar os trabalhos apenas em um único local, o que geraria mais custo para as instituições, a criação de unidades possibilitaria a geração de mais recursos para o produtor.


Lei vai incentivar a produção


Este ano, a produção de flores ganhou um incentivo a mais. Uma lei publicada em novembro reúne diretrizes para uma política pública de incentivo à floricultura de qualidade.


Segundo a norma, devem nortear a produção de flores: a sustentabilidade econômica e socioambiental, o desenvolvimento tecnológico, o aproveitamento da diversidade cultural, ambiental, de solos e o estímulo às economias locais. O acesso ao crédito também está posto como prioridade aos agricultores familiares, pequenos e médios produtores rurais.


Flores e associativismo: combinação perfeita


A Sulcaflor é a associação dos produtores de flores e plantas ornamentais da região Sul e Caparaó, com abrangência em 27 municípios: Alegre, Alfredo Chaves, Anchieta, Apiacá, Atílio Vivacqua, Bom Jesus do Norte, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itapemirim, Iúna, Jerônimo Monteiro, Marataízes, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Muqui, Piúma, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, São José do Calçado e Vargem Alta.


“Estes produtores têm recebido o apoio do Incaper, com atividades em grupo, cursos de formação e visitas técnicas”, explica a engenheira agrônoma e agente de extensão em desenvolvimento rural do Instituto, em Guaçuí, Márcia Varela da Silva.


O grupo promove reuniões mensais itinerantes, em que discutem assuntos pertinentes a associação, como agenda de eventos e capacitações. Atualmente são 16 associados, que produzem e comercializam, principalmente, flores tropicais como antúrio, helicônia, bastão do imperador, sorvetão, folhagens, plantas para paisagismo e plantas de vasos como orquídeas, sunpatiens, cactos e suculentas.


*Os registros fotográficos são de reuniões, viagens técnicas do grupo e propriedades dos associados da Sulcaflor.

Esta matéria faz parte do Anuário do Agronegócio Capixaba, disponível AQUI na íntegra!

Leia também:

Flores rendem 6x mais que café para agricultora de Itarana

(*Daí negritar e linkar no título acima e nos seguintes)

https://www.safraes.com.br/floricultura/flores-rendem-6x-mais-que-cafe-agricultora-itarana

Coleção de cactos e suculentas vira negócio em Domingos Martins

https://www.safraes.com.br/floricultura/colecao-cactos-suculentas-vira-negocio-domingos-martins

Família ajuda a recuperar espécies de orquídeas em extinção

https://www.safraes.com.br/floricultura/familia-ajuda-recuperar-especies-orquideas-extincao


 

Comentários Facebook

Entre em contato


28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2020. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web