Sáb, 19 de Jun
×

Busca

SENAR OUTUBRO TOPO

Cacauicultura


Parceira com Projeto Cacau 2030 para melhorias da cadeia produtiva do setor em Linhares

Por Assessoria de Comunicação Prefeitura de Linhares
4/06/2021 10h37
Atualizado em 14/06/2021 13h16

A Prefeitura de Linhares é parceira do “Projeto Cacau 2030: Ações Estruturantes para o Desenvolvimento Sustentável da Cadeia no Brasil”. O projeto foi lançado junto às “Diretrizes Estratégicas Cacau 2030: Promoção do Trabalho Decente e Melhoria das Condições de Vida na Cadeia Produtiva Cacaueira”, em webconferência que contou com a participação do secretário Municipal de Agricultura de Linhares, Franco Fiorot. O evento foi realizado pelo CocoaAction Brasil e pela Organização Internacional do Trabalho (OIT).


O Projeto Cacau 2030 foi elaborado pelo CocoaAction Brasil, uma iniciativa da Fundação Mundial do Cacau (WCF) e abordará desafios de sustentabilidade existentes em áreas produtoras de cacau do Espírito Santo, da Bahia e do Pará, ao longo de quatro anos (2021-2024). Focará principalmente em assistência técnica a produtores, capacitação de técnicos, fortalecimento de cooperativas, acesso a crédito rural, promoção do trabalho decente, combate ao desmatamento e promoção do reflorestamento.

A iniciativa é fruto de um amplo arranjo de parcerias com diversas entidades do setor, principalmente Ceplac, Conexsus, Embrapa, Governo do Pará, MapBiomas, Instituto Arapyaú, InPACTO, Ministério Público do Estado da Bahia, Prefeitura de Linhares, Senar, OCB/Sescoop, com coordenação do Imaflora e do Centro de Inovação do Cacau (CIC).

Franco Fiorot pontuou que o fato do município ter o Programa de Revitalização das Áreas Produtoras de Cacau de Linhares já consolidado garantiu a participação no projeto que é acontece em âmbito internacional.

“O projeto contribuirá com o que já estamos fazendo no setor cacaueiro, como o subsídio de mudas, associado à assistência técnica e gerencial do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), parceira do programa. Essas parcerias com outros estados e o CocoaAction Brasil vai ampliar resultados e potencializar nossas ações, haja visto que há uma expectativa de investimentos e recursos nesse projeto, pela governança do programa constituído em Linhares”, disse o secretário.

O objetivo do “Projeto Cacau 2030: Ações Estruturantes para o Desenvolvimento Sustentável da Cadeia no Brasil” é capacitar mais de 700 produtores e 400 técnicos agrícolas, fortalecendo o setor produtivo e promovendo um “ambiente facilitador”, de maneira a gerar aumento de produtividade no cacau com responsabilidade social e ambiental, gerando mais renda e melhores condições de vida para os produtores e produtoras destas regiões.

Sobre as Diretrizes Estratégicas Cacau 2030

Alinhadas à Agenda 2030 da ONU, as Diretrizes Estratégicas Cacau 2030 servem de referência para atores de diferentes segmentos da cadeia, e para o setor como um todo, na promoção do trabalho decente e melhorias de vida no setor produtivo, apoiando-os para que implementem ações neste sentido. Elas elencam 4 grandes Resultados (objetivos), cada um deles dividido em Produtos (entregas) que foram “destrinchados” em Atividades ou ações sugeridas para alcançar os produtos. Este conjunto de diretrizes decorre de um longo processo de alinhamento entre os stakeholders da cadeia, liderado pela OIT e CocoaAction Brasil, ao longo dos últimos dois anos.


Comentários Facebook

Entre em contato


28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2021. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web