Qua, 16 de Out
×

Busca

Cafeicultura


Produtor está à espera de chuva, que pode ser determinante para a safra 2020 de café

Por Agência Estado
18/09/2019 11h58
Atualizado em 18/09/2019 21h19

As primeiras grandes floradas de arábica ocorreram na semana passada nas regiões de Garça (SP) e do Noroeste do Paraná. As flores foram induzidas pelas boas chuvas ocorridas no início deste mês. Ainda é cedo, no entanto, para avaliar quais são os impactos dessa floração sobre o volume da safra 2020/21, especialmente porque as demais regiões produtoras de arábica ainda não registraram uma abertura de flores na mesma proporção da verificada em São Paulo e no Paraná.

Agora, produtores se atentam ao clima. Após as chuvas no começo de setembro, as precipitações se tornaram mais escassas e as temperaturas, elevadas, contexto que pode prejudicar o pegamento e o desenvolvimento do grão na safra 2020/21.

Segundo colaboradores do Cepea, por enquanto, os solos estão com bons níveis de umidade em Garça e no Noroeste do Paraná, o que pode “segurar” as floradas por algumas semanas. Para garantir o melhor pegamento das flores, no entanto, é preciso que o retorno das chuvas ocorra até o final deste mês.

Quanto às demais praças de café arábica, a volta das precipitações é necessária para a abertura de floradas significativas. Caso a baixa umidade e a alta temperatura persistam até outubro, as poucas flores abertas podem ser abortadas, limitando a produtividade da safra 2020/21.

De acordo com a agência meteorológica Climatempo, para os próximos 15 dias (de 16 a 30/09), volumes significativos de chuvas são previstos apenas para Patrocínio (Cerrado Mineiro) e Franca (Mogiana – SP), de, respectivamente, 43 mm e 33 mm.

*Reprodução Guará Notícias

Robusta

Nas regiões produtoras de café robusta, agentes também seguem atentos ao clima. No Espírito Santo, apesar de ser desejável o retorno de chuvas volumosas, a irrigação e precipitações pontuais têm permitido desenvolvimento satisfatório da safra 2020/21.

Já em Rondônia, cafeicultores estão mais preocupados, uma vez que a baixa umidade e elevadas temperaturas registradas nos últimos dias podem afetar o pegamento das flores abertas na última semana. Para os próximos dias, no entanto, há previsão de chuvas para as duas praças, segundo a Climatempo. Para esta segunda quinzena de setembro, são previstos 23 mm para Cacoal (RO) e, para as regiões capixabas de São Mateus e Linhares, 100 e 90 mm, respectivamente.


Comentários Facebook

Entre em contato


28 3553-2333
28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2019. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web