Qua, 12 de Mai
×

Busca

PREFEITURA DE CACHOEIRO 12 E 13 IPTU

Comunicação dos Parceiros


Como achar o preço real da sua propriedade rural?

O valor final de um imóvel não deve levar em conta fatores sentimentais, mas localização, relevo e capacidade produtiva

Por Redação Conexão Safra
15/03/2021 10h24
Atualizado em 1/04/2021 19h50

É fato que o preço da terra no Brasil e no Espírito Santo tem subido ao longo dos últimos anos. E também que a demanda por terra é cada vez maior, ou seja, a lei da oferta e da procura está sendo aplicada na prática.

Mas o que também é fato é que muitas famílias, quando decidem pela venda de uma propriedade, aplicam ao valor final elementos que o mercado não está disposto a pagar por eles.

Vamos a alguns exemplos:

  • Valor sentimental - quem vai comprar sua propriedade não está nada interessado em saber quantos Natais você passou ali com seu vovô, quantos parentes se casaram no seu lindo gramado, o número de vezes que você cavalgou por ali. Esses sentimentos fazem parte da memória afetiva da família, mas o mercado não pagará por eles. Portanto, por mais difícil que seja, exclua o valor sentimental e compare sua propriedade com outras da região para chegar a uma conclusão mais racional do real valor de mercado da mesma.
  • Benfeitorias ou mobiliário - É comum proprietários enaltecerem as peculiaridades de uma casa sede, ou o tipo de material usado em um depósito, ou orgulhar-se de uma mesa de madeira maciça que só cabe naquele ambiente por que foi pensada para aquele local. Todos esses elementos podem ser bonitos ou de qualidade mas não necessariamente farão diferença na composição do valor fina. Na verdade, fazem pouca ou nenhuma diferença por serem muito específicos.

Quando a decisão por vender uma propriedade está tomada, o ideal é contar com ajuda profissional especializada. Uma avaliação bem feita, por mais que possa incomodar ou causar discordância, evita a supervalorização, que é um problema muito comum e atrapalha a venda.

Quando a decisão por vender uma propriedade está tomada, o ideal é contar com ajuda profissional especializada
(Foto: Pixabay)

Fuja dos “achismos” e dos falsos “especialistas” que opinam com base em nada ou no simples “ouvi dizer que fulano vendeu a propriedade dele por X milhões”. Uma avaliação bem feita irá levar em conta a localização, relevo, aproveitamento, capacidade produtiva, tipo de solo, incidência de chuvas, tamanho, instalações, proximidade com vias para escoamento, dentre outros critérios.

Portanto, se deseja saber realmente o valor da sua propriedade, consulte um profissional, mas faça também o exercício de distanciar-se do carinho que as boas lembranças trazem e compare sua propriedade com outras que estão à venda na sua região ou anunciado em portais especializados.

Traga sua propriedade para quem entende. Fale com a Nilo Imóveis Rurais, sua corretora rural no Brasil e agora no Espírito Santo

(27) 99921-8721 david.mariano@creci.org.br


Comentários Facebook

Entre em contato


28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2021. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web