Qua, 12 de Mai
×

Busca

PREFEITURA DE CACHOEIRO 12 E 13 IPTU

Comunicação dos Parceiros


Torradores RuralMac: os mais queridos pelos cafeicultores campeões de especiais

Se você é cafeicultor e quer torrar seu café ou aprimorar seu processo de torra, preste bastante atenção a essas informações, elas podem mudar o rumo do seu negócio

Por Redação Conexão Safra
19/03/2021 10h32
Atualizado em 29/03/2021 14h00

Quem produz café especial sabe que o pós-colheita é decisivo para extrair o melhor dos grãos. O momento da torra é aquele “tudo ou nada”, a etapa crucial para ressaltar as melhores características do café. Os pontos chave são conhecimento e precisão para transformar o grão cru em grãos secos prontos para a moagem, para transformá-lo numa bebida excepcional.*

E cada café é um grão único, com características particulares e reage de forma distinta no torrador. Vale lembrar que o talento do profissional de torra envolve tanto a técnica, quanto o feeling de quem opera os equipamentos para fazer cada coisa no momento exato.

O processo da torra dura de sete a quinze minutos e a temperatura dos grãos varia de 180°C a 240°C e apresenta três fases principais: a pirólise, a caramelização e a finalização.

Na verdade, antes de se iniciar uma torra oficialmente, a primeira coisa feita é a torrefação de uma pequena amostragem, para que se possa conhecer o perfil do café e criar um padrão de torra que extraia as qualidades desejadas dos grãos. De acordo com mestres de torra profissionais, a torra é uma ciência que consegue extrair o melhor do café, podendo trabalhar com suas notas mais complexas.

O processo da torra dura de sete a quinze minutos e a temperatura dos grãos varia de 180°C a 240°C e apresenta três fases principais: a pirólise, a caramelização e a finalização (Foto: divulgação)

E quais são os tipos de torra?

Torra Clara: esse tipo de torra faz com que o café fique suave, pouco amargo e mais ácido. É ideal para o café usado nas máquinas de espresso. Também pode ser chamada de torra light ou Cinnamon (canela).

Torra Média: representa o equilíbrio entre corpo, doçura, amargor e aroma. Dá um toque aveludado ao café e é indicada para os métodos coados.

Torra Escura: quanto mais rápida for a etapa de Finalização, mais ácida a bebida, pois com o passar dos minutos a acidez vai diminuindo. A torra escura é apreciada por deixar o café com um toque amargo e saboroso. Os grãos mais torrados liberam mais óleos essenciais e é possível notar só de olhar para o café, pois eles ficam brilhantes.

É necessário, entretanto, tomar cuidado para não passar do ponto: a torra exagerada acaba queimando os grãos, enquanto a muito clara não ressalta suas qualidades.

Torra Ideal

A torrefação perfeita não é aquela que seja de uma cor ou de outra. É a que realça o que há de melhor no café, respeitando o perfil de torra de cada um.

Mas se há tanta oferta no mercado e com tanta tecnologia, como escolher o equipamento certo?

Durante muito tempo apenas grandes empresas disputavam o mercado de torradores. Catálogos pra lá, visitas, orçamentos e a entrega de equipamentos que nem sempre atendiam às necessidades de produtores de cafés especiais. E de todos os portes, micros, pequenos e médios.

Eram grandes empresas falando com grandes produtores. Ou então pequenos torradores (apenas na capacidade) projetados a partir da demandas de grandes produtores. Resultado: equipamentos caros, complexos de operar e que nem sempre atendiam à demanda de cafeicultores de microlotes, ou seja, a realidade de milhares de cafeicultores pelo Brasil.

Com mais de 10 anos desde a sua fundação, a Ruralmac vem crescendo a cada ano, graças ao trabalho sério de seus colaboradores, focados na qualidade e no bom atendimento. Jaqueline Dornelas, diretora da indústria, esclarece que o projeto de cada torrador foi desenvolvido a partir da demanda dos cafeicultores. “De acordo com a real necessidade de cada cafeicultor, podemos adaptar cada equipamento. E isso faz toda a diferença. A gente cria, desenha, imagina, desenvolve, tudo para ter o melhor custo benefício do mercado de torradores do Brasil.”

A cafeicultora e mestre de torra Francielle Ferreira, a Fran, do Coffee Pirau e Fran Coffee (Instagran @coffeepirau e @fran_0135), de Manhuaçu (MG), declara sua satisfação com os torradores e o atendimento da equipe Ruralmac. “O trabalho que a Ruralmac desenvolve é muito sério e toda a equipe é dedicada e atenta às nossas necessidades. Um equipamento como um torrador precisa ser eficiente, porque é extremamente importante para atingirmos um alto padrão de qualidade nos nossos cafés.”

Fran, que é mestre de torra, usa o equipamento e afirma que atinge um alto padrão de qualidade (Foto: divulgação)

O cafeicultor Willians Valério, do Sítio Recanto dos Tucanos, (site: sitiorecantodostucanos.com.br e Instagram @caferecantodostucanos), de Alto Caparaó (MG), vencedor da categoria arábica do Coffee of the Year de 2019 adquiriu o torrador Ruralmac em novembro de 2020. Cliente satisfeito com a aquisição do equipamento, o cafeicultor campeão esteve presente à Exposul Raízes 2020, evento realizado em Cachoeiro de Itapemirim, em uma demonstração de torra de cafés especiais com um torrador Ruralmac.

Willians adquiriu o equipamento em novembro do ano passado e está super satisfeito com os resultados (Foto: divulgação)

O Prof. Dr. João Batista Pavesi Simão, coordenador do Laboratório de Classificação Física e Sensorial de Café e orientador da Caparaó Jr., do campus de Alegre do IFES (Instituto Federal do Espírito Santo), também comprou o seu torrador Ruralmac e justificou sua opção pela compra. “Adquirimos o torrador inicialmente pelo relacionamento diferenciado com a empresa que aceitou o nosso convite em 2019, e participou do Simpósio de Cafeicultores realizado no Ifes de Alegre, com a presença de mais de 1.300 pessoas. Lá eles apresentaram o torrador de 5 kg e posteriormente adquiri o meu. A Ruralmac conseguiu aliar no seu novo modelo de torrador tecnologia de materiais, versatilidade e opção por tamanhos que têm bastante procura, desde equipamentos de 2 kg a 5 kg a tamanhos maiores, além do preço, que é muito competitivo.”

Além de trazer ao mercado torradores de cafés com capacidade mínima de 2, 5, 10 e 15 quilos com os modelos Básico, Platinum e Platinum Plus, capazes de oferecer uma torra de altíssimo padrão, a Ruralmac também produz abanadores, elevadores de grãos, hélices anti danos, moinhos 3 CV, queimadores de palha e secadores de caixa.

Solicite um orçamento sem compromisso. A equipe Ruralmac estará à sua disposição.

Ruralmac Torradores de Café

Fabricação, manutenção e customização de torradores para grãos de café

Site: www.ruralmac.com.br

E-mail: contato@ruralmac.com.br

Telefone e Whatsapp: (33) 98404-7761

Instagram: rural_mac

Endereço: Rua Geraldo Pereira Nº120, bairro Pouso Alegre, Manhuaçu – MG. CEP: 36904-079

A Ruralmac informa que não tem representantes da marca. Contatos e vendas diretamente com a fábrica.

*Conteúdo produzido com informações extraídas do blog https://blog.ucoffee.com.br/torrefacao-cafe/


Comentários Facebook

Entre em contato


28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2021. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web