Sáb, 26 de Set
×

Busca

COOABRIEL

Cooperativismo


Cooabriel chega aos 57 anos de história

Por Cooabriel
11/09/2020 14h19
Atualizado em 22/09/2020 16h47

Foto: Cooabriel


A Cooabriel (Cooperativa Agrária de Cafeicultores de São Gabriel), a maior cooperativa de café conilon do Brasil, celebra 57 anos de atuação no próximo dia 13 de setembro.

A cooperativa iniciou suas atividades em 1963 a partir de um setor de consumo (mercearia para atender os produtores em itens de necessidades básicas). Em seguida foi trabalhando com café (no início café bourbom). O café Conilon entra na vida da Cooabriel e dos agricultores de São Gabriel da Palha e da região devido à crise de erradicação do café, que acontecida em meados da década de 60. Desde então, a cooperativa abraçou a causa e trabalha com a variedade.

Toda sua história vem sendo construída alinhada com a essência de seus fundadores, o idealista Padre Simão Civalero e os 37 produtores da região de São Gabriel da Palha, que escolheram o cooperativismo como base de uma sociedade socialmente justa e economicamente viável.

“A cooperativa tem uma base muito forte. A Cooabriel sempre teve pessoas sérias, idôneas à frente da gestão. Sou sócio há 49 anos e por 26 assumi a presidência. Quando cheguei, a cooperativa armazenava 88 mil sacas de café. A Cooabriel é uma grande família e tenho orgulho de fazer parte desta história”, afirmou o atual vice-presidente da cooperativa, Antônio Joaquim de Souza Neto, o Toninho.

O sócio número 61, André Martinelli, aos 91 anos e sócio da cooperativa há 57, mesma idade de aniversário da Cooabriel, lembra do início das atividades. “Foi meu pai quem avisou sobre o surgimento da cooperativa. Desde o início tudo é feito com muita honestidade e segurança para os sócios. Graças à cooperativa eduquei meus filhos, que hoje têm profissões respeitadas. Meu irmão, Dário Martinelli, também teve uma história muito bonita com a Cooabriel”, disse.

A cooperativa também garante boas oportunidades para os sócios das novas gerações, como Sidinei Raasch, 38 anos, sócio desde 2012. “Todo o suporte e estrutura oferecidos pela Cooabriel faz muita diferença. Sempre aproveito as capacitações e estou sempre acompanhado da minha esposa, que também é sócia. Sem a Cooabriel o cultivo do café seria mais difícil”, explicou.

Com seu modelo de trabalho, a cooperativa tornou-se referência mundial na prestação de serviços, integrando os produtores ao mercado. Hoje, é a principal cooperativa de café conilon do País. A cooperativa transforma a vida de muitas pessoas, sócios ou colaboradores.

Umas delas é a história de vida do atual gerente corporativo de mercado da Cooabriel, Edimilson Calegari. No dia 1° de dezembro, ele, que é o funcionário mais antigo da cooperativa, irá completar 38 anos na empresa. “Entrei em 1982 a convite do presidente da época. Tive diversas oportunidades durantes esses anos e acompanhei todo o crescimento da cooperativa. Começou bem pequena e hoje já é a maior cooperativa de café conilon do mundo. É gratificante. Na minha vida pessoal, a cooperativa também foi fundamental. Conheci minha esposa na cooperativa, já que ela também trabalhou e se aposentou aqui. Agradecemos muito à cooperativa, pois graças a esse trabalho educamos nossos filhos”, revelou.

Em 2020, São mais de 400 colaboradores e 15 filiais em 2 estados brasileiros (ES e BA). No ano de 2019, armazenou 1,67 milhão de sacas de seus cooperados.

Há 21 anos como produtor de café na Bahia, o sócio de Teixeira de Freitas (BA), Rosselito Bonadimam Paulino, é sócio da Cooabriel há 18 anos. “Sempre fui muito envolvido com o cooperativismo, é uma tradição na minha família. A Cooabriel faz a gente se sentir em casa e passa muita seriedade. Não é a frieza dos números, é a essência da cooperativa. Sempre fui muito apoiado e a cooperativa pode contar com a minha lealdade”, afirmou.

O volume de café recebido traz sempre o reflexo da realidade do que acontece no ambiente da safra dos produtores. Neste ano, até dia 10 de setembro a Cooabriel atingiu 1,46 milhão de sacas recebidas.

“A Cooabriel tem grande importância para os sócios e a região. A cooperativa tem crescido a cada ano. Os números de recepção de café comprovam isso. Também tenho uma forte ligação com a cooperativa desde criança e me orgulho desses resultados. Meu pai, Arcangelo Laurindo Lorenzoni, foi presidente de 1972 a 1974 e eu faço parte da diretoria há 15 anos”, ressaltou o diretor secretário da Cooabriel, Onivaldo Lorenzoni.

A Cooabriel cresceu para dar suporte ao crescente número de sócios. Busca inúmeras formas de ajudar seus sócios, especialmente, mantendo a prestação de serviços para apoiá-los na manutenção da atividade. Oferece aos sócios serviços e benefícios que vão desde a escolha da área para plantio, mudas clonais de café, assistência técnica, laboratório de análises, lojas de insumos, estrutura logística, armazenagem, comercialização, financiamentos, custeios, dentre outros.

Em termos de resultado, vale apresentar que de 2018 a 2019 a Cooabriel cresceu 16,72% do seu faturamento bruto, saindo de 546.135 milhões para 637.440 milhões em 2019.

“Imaginamos o que seria da nossa região sem a Cooabriel porque traz uma grande tranquilidade para quem está na atividade. O sócio produz e tem uma cooperativa que assegura para ele competitividade e segurança. Outro ponto é que a cooperativa amadureceu e conquistou grande credibilidade devido à seriedade e transparência. Estamos crescendo no quadro social uma média de 10% ao ano. É o reflexo do trabalho desenvolvido. Em 2019 crescemos quase 30% na recepção de café e 16% no faturamento bruto, mesmo em períodos de crise. Queremos continuar com um trabalho ainda melhor por muitos anos. Temos orgulho de comemorar os 57 anos da Cooabriel”, finalizou o presidente da cooperativa, Luiz Carlos Bastianello.


Comentários Facebook

Entre em contato


28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2020. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web