Dom, 15 de Set
×

Busca

safra es

Dia de campo


Propriedade de Muniz Freire recebe Dia de Campo de Café

Por Assessoria de Comunicação Idaf
30/04/2019 16h35
Atualizado em 30/04/2019 18h13

Mais de 200 pessoas entre produtores rurais, técnicos agrícolas e público em geral participaram do dia de Campo de Café no Córrego das Palmeiras, em Tombos, Distrito de Piaçu. A atividade aconteceu nesta quarta-feira (24) e foi promovida pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), Prefeitura Municipal e a Secretaria de Agricultura de Muniz Freire.

Na programação foram disponibilizadas três estações. A primeira tratou sobre a importância da organização da propriedade para o desenvolvimento do agroturismo e valorização do produto. A segunda foi ministrada pelo pesquisador do Incaper Maurício José Fornazier que abordou o manejo integrado do ácaro vermelho.

Na terceira e última estação o tema abordado foi sobre as técnicas para o controle do nematoide. “Falamos sobre um patógeno de solo que ataca as raízes, esse nematoide é levado de uma planta para outra e, uma vez infestado, o produtor nunca mais consegue desinfetá-lo. Muitas vezes o produtor só percebe quando é tarde demais por que é uma doença silenciosa, então essas informações servem de alerta para que ele possa diagnosticar e seguir medidas preventivas de controle”, explicou o pesquisador do Incaper, Inorbert de Melo Lima.

A propriedade que recebeu o evento virou referência para a região. Assistida pelo Incaper desde 2012, hoje ela vive outra realidade. “No começo tudo era muito difícil, mas nos conscientizamos que sozinhos não íamos chegar a lugar algum, por isso buscamos o apoio da secretaria de agricultura e do Incaper, que nos deu orientações sobre novas variedades de café que podíamos plantar de acordo com a nossa realidade. Juntos conseguimos sair do zero e nos tornar exemplo para outros produtores”, disse Sergio Ferreira.

A cafeicultura de Muniz Freire é destaque no Espírito Santo. Em 2018 produziu 280 mil sacas, já no ano anterior, em 2017, o município produziu 150 mil sacas. Para o diretor presidente do Incaper, Antonio Carlos Machado, esses resultados mostram o quanto o trabalho da Instituição é importante para o crescimento da cafeicultura local.

“Buscamos junto ao Governo do Estado o fortalecimento e a reestruturação do Incaper, que promove o desenvolvimento sustentável da agricultura e, consequentemente, melhora a qualidade de vida das famílias rurais. Essa família é um exemplo de superação”, exaltou o diretor presidente.


Comentários Facebook

Entre em contato


28 3553-2333
28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2019. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web