Qua, 23 de Set
×

Busca

AGUA LIMPA TOPO

Eventos


4º Coletivo Café reúne mais de 400 pessoas em Venda Nova

Por Redação SafraES
10/02/2020 15h08
Atualizado em 5/03/2020 11h25

*Fotos: Lucas Knupp/Divulgação

A 4ª edição do Coletivo Café reuniu, no último dia 1º, em Venda Nova do Imigrante, mais de 400 pessoas, dentre elas nomes relevantes da cafeicultura nacional, para falar dos desafios do setor de forma ampla e colaborativa. A programação foi direcionada para produtores em busca da melhoria da qualidade, gestão e acesso a novos mercados.

Durante todo o dia na sede do Coletivo, em São José do Alto Viçosa, foram debatidos os principais assuntos da atualidade a partir de quatro temas: Lavoura, Colheita, Pós-Colheita e Comercialização. Os painéis de cerca de 1h30 trouxeram profissionais de diferentes áreas com atuação em prol do desenvolvimento do mercado.

“O objetivo principal foi apresentar conhecimentos fundamentais, trocar experiências e iluminar o produtor no caminho da melhoria da qualidade, padrão, gestão e consistência no cultivo de café”, afirma um dos idealizadores do evento, Guilherme Loureiro.
Loureiro reforça ainda a importância da linguagem acessível e do clima intimista no Coletivo Café, que tem como maioria do público produtores de cafés especiais.

“Recebemos através das redes sociais diversas perguntas feitas pelos próprios produtores para serem respondidas no evento. O objetivo foi que cada um levasse um pouco mais de conhecimento e que, de fato, isso impacte positivamente no produto final”.

*Fotos: Leandro Fidelis

O evento

Desde o primeiro evento em 2016, já passaram pelo Coletivo Café mais de 500 produtores de diversas regiões, sendo a maioria do Espírito Santo e Minas Gerais. Foram tratados temas como clima, tipos de manejo, avaliação sensorial, torrefação, comportamento do consumidor, dentre outros.

“Ao longo desses quatro anos pudemos acompanhar de perto o processo de engajamento e desenvolvimento de vários produtores. Fica evidente a melhoria da qualidade, não só do produto final, mas no manejo, nos processos e na visão comercial. Café está deixando de ser um produto e se tornando uma cultura, isso precisa ser compreendido na origem”, destaca Marco Antonio de Oliveira Santos, outro idealizador do Coletivo Café.

Durante a edição deste ano, foi montada uma estação de preparo com diversos métodos e uma equipe com quatro baristas renomados: Mariana Lobato, Nayra Caldas, Regina Machado e Renato Gutierrez.

“Pedimos para os produtores levarem seus cafés torrados para fazermos testes e observações construtivas. Essa interação é fundamental para que o produtor tenha um melhor entendimento do seu café e das possibilidades que ele tem na mão”, ressalta Mariana Lobato. (*Com informações da organização do evento)

A jornalista Mariana Proença, diretora de redação da Revista Espresso, foi a mediadora dos debates.

*Veja mais fotos do evento na nossa página do Facebook!


Comentários Facebook

Entre em contato


28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2020. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web