Ter, 28 de Jan
×

Busca

Negócios


Negócio dos sonhos: Loja de animais ou pet shops

Mercado em expansão vai além de produtos e serviços convencionais com faturamento de R$ 20 bi no ano que vem

Por Agência Sebrae de Notícias
14/01/2020 13h27

(Foto: *Needpix.com)

Aproveitando o início de um novo ano em que grande parte das pessoas resolve tirar os planos do papel, o Sebrae buscou histórias de pequenos empreendedores que se dedicam para transformar o sonho de ter seu próprio negócio em realidade. Foram escolhidas as ideias de negócios mais buscadas no Portal Sebrae, entre elas, a do segmento de lojas de animais - pet shop que está em expansão e vai além dos serviços e produtos convencionais.

É fácil observar que atualmente os bichinhos são considerados parte da família e passam por uma espécie de “humanização”. Além dos cuidados com saúde e higiene, os pets têm recebido cuidados especiais em relação à alimentação e vestuário, sem contar os mimos que envolvem brinquedos e acessórios. Essa grande diversidade de produtos e serviços relacionados aos animais de estimação tem gerado o constante crescimento do setor. Além disso, segundo pesquisa realizada em 2018 pelo IBGE, o Brasil possui mais de 132 milhões de animais de estimação, ocupando a segunda posição mundial. Com o aquecimento do mercado pet, a expectativa de faturamento para 2020 está em torno de 20 bilhões de reais.

Neste novo episódio da série “Sonhos”, vamos contar a trajetória do Ivan Ferreira dos Santos, 34 anos, que há dois anos e meio começou a investir no segmento pet como microempresário. Ele trabalhou como funcionário por muito anos em pets shops em Belo Horizonte onde adquiriu experiência para cuidar de animais. “Eu já tinha desistido da área, mas surgiu a oportunidade de adquirir uma loja e eu resolvi investir com a ajuda da minha esposa e irmãos”, contou.

A primeira loja, Mimos Pet, funciona no bairro Ipiranga e com apenas seis meses de funcionamento, precisou ser ampliada por causa do aumento da demanda. Recentemente, ele abriu a segunda loja, Patrulha Canina, no bairro Fernão Dias, onde a esposa é a responsável pelo novo negócio. Com os bons resultados, também faz planos para abrir uma loja virtual com produtos para animais. “As pessoas acham que é fácil, mas o segredo do sucesso é muita dedicação e persistência”, destacou.

Para enfrentar as dificuldades iniciais, ele buscou a ajuda de quem já atuava no setor e amigos. Também buscou orientações do Sebrae sobre registro e patentes. Atualmente ele emprega 14 funcionários ao todo e pretende contratar mais dois no ano que vem para não sobrecarregar a equipe.

Ideias


O segmento de lojas de animais e pet shops está em constante evolução e os donos de pequenos negócios precisam se adaptar às novas tendências e inovações para não sofrerem com a concorrência. No canal Ideias de Negócio do Sebrae, você encontra diversas informações para investir no seu próprio negócio com 350 sugestões de negócios, inclusive no mercado de pet shops.

Pessoal


Gostar de animais é um dos requisitos para compor uma boa equipe, mas é preciso contratar profissionais que sejam qualificados e principalmente com competências específicas para o negócio. No caso do Ivan, a falta de mão de obra qualificada ainda é umas das maiores dificuldades enfrentadas. O empreendedor no segmento de pet shops também deve se ater às exigências das regulamentações referentes a instalação de lojas de animais pois, dependendo dos serviços e produtos oferecidos, é exigido um médico veterinário, com responsável técnico no estabelecimento.


Comentários Facebook

Entre em contato


28 3553-2333
28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2020. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web