Dom, 15 de Set
×

Busca

safra es

Pecuária


Criação de galinhas caipiras é destaque no Norte do ES

Por Coordenação de Comunicação e Marketing do Incaper
29/08/2019 17h06
Atualizado em 4/09/2019 19h46

Durante a visita à Uepa, os agricultores puderam conhecer na prática o sistema de criação de galinhas caipiras. (*Fotos: Divulgação Incaper)

O Dia do Avicultor, comemorado na última quarta-feira (28), foi marcado por uma visita repleta de informações à Unidade Experimental de Produção Animal Agroecológica (Uepa) do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), instalada na Fazenda Experimental de Linhares. Cerca de 20 pessoas de Linhares e Conceição da Barra, entre agricultores familiares e beneficiários do Programa Dom Hélder Câmara, participaram da atividade.

Durante a visita, os agricultores puderam conhecer na prática o sistema de criação de galinhas caipiras. A atividade é tradicional em muitas propriedades rurais de base familiar do Espírito Santo e o Incaper atua para resgatar esses conhecimentos tradicionais e disseminar as práticas de manejo agroecológico da criação.

O grupo foi recepcionado pela extensionista do Incaper coordenadora da Uepa, Maíra Formentini. “Os agricultores podem visualizar como funciona um sistema de criação de galinhas caipiras agroecológicas, observar manejo das aves, além de aprender um pouco sobre alternativas de alimentação e cuidados. É muito importante incentivarmos o resgate de sistemas tradicionais de criação de animais para que as famílias rurais não percam sua identidade”, disse a extensionista.

Maíra Formentini destacou ainda a autonomia que a atividade oferece ao agricultor na produção de carne e ovos. “Vemos muitas famílias hoje que moram no campo e vivem da monocultura, tendo que comprar toda sua alimentação. Na Uepa incentivamos a diversificação da cultura e a produção do próprio alimento, para que o agricultor familiar não dependa de insumos externos para sua própria alimentação”, acrescentou.

A coordenadora da unidade tratou também do Dia do Avicultor. “Esta data é muito importante para valorizarmos o papel do avicultor frente aos avanços na avicultura, que cresce muito e é um dos setores que mais contribui com a economia do país. Esse avanço se deve ao esforço dos avicultores e profissionais da área, que têm se especializado para manter um excelente índice de produção e alto padrão de qualidade de carne e ovos”, pontuou.

Sobre a Uepa

A Uepa faz um trabalho de resgate, melhoramento e multiplicação de recursos genéticos de galinha caipira e abelhas nativas e todo o saber associado à avicultura tradicional e meliponicultura. As atividades implicam na conservação de um patrimônio biocultural de valor imprescindível para as comunidades tradicionais e científica.

O projeto prevê a melhora do autoconsumo da própria família com alimentos livres de agrotóxicos e transgênicos, ricos em fontes de energia, como o mel; proteínas, como ovos, carne de frango e pólen; sais minerais e vitaminas, como mel de abelhas africanizadas e sem ferrão.

Atualmente, funciona nesta unidade o Núcleo de Criação da Galinha Caipira naturalizada, que abriga em torno de 200 aves em diferentes fases de crescimento. Os ovos para reprodução vieram de propriedades familiares da região e do Departamento de Genética da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ/USP).

As aves são criadas em aviários móveis desde o primeiro dia de vida em áreas sombreadas e compostas por múltiplas espécies forrageiras. Além disso, há quatro aviários fixos de postura, divididos em 16 boxes para separação e monitoramento das linhagens. Para a divisão da área de pastoreio, a cerca viva de mandioca é uma tecnologia de baixo custo com grande atração sobre os visitantes, pois além de conferir proteção, fornece folhas para o preparo da ração das aves.

Para a criação de abelhas, em termos de infraestrutura, há um rico pasto apícola, com plantio de espécies vegetais (árvores e arbustos), jardins e cavaletes coletivos e individuais para abrigo das colônias de abelhas sem ferrão para o funcionamento da Estação das Abelhas.

A Uepa contempla também o Laboratório de Bioinsumos e Homeopatia (Biota), que iniciou sua atividade recentemente difundindo, entre outras práticas, o cultivo de insetos como alimentos vivos, o uso de fermentados e fitoterápicos para a prevenção e o tratamento de doenças nas aves.

Além disso, os resíduos gerados são transformados por meio da compostagem orgânica, permitindo o manejo integrado e o maior equilíbrio do sistema.

A unidade existe desde 2006 e recebe visitas previamente agendadas, colaborando e incentivando a produção de alimentos saudáveis e a soberania alimentar.

Avicultura agroecológica

Para conhecer mais a respeito da avicultura agroecológica, o Incaper disponibiliza o livro “Criação de galinhas em sistemas agroecológicos” e a palestra proferida pela pesquisadora Márcia Guelber durante o Congresso Internacional de Agroecologia, em 28/06/2016, sobre “Aviculturas e sustentabilidade: caminhos para a produção e consumo de alimentos saudáveis”.


Comentários Facebook

Entre em contato


28 3553-2333
28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2019. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web