Seg, 6 de Abr
×

Busca

Artigo


Produtores Rurais capixabas afetados pelas chuvas têm direito à prorrogação de crédito rural, cobertura do ProAgro e Seguro Rural

Por Julia Pedroni Batista Bastos
11/02/2020 13h54
Atualizado em 12/02/2020 23h34

(Foto; *Divulgação)

O ano de 2020 começou trágico para a produção agrária capixaba. Cerca de 22 munícipios foram afetados por chuvas devastadoras que causaram um prejuízo de mais de R$ 88 milhões no setor, produtores rurais da região sul e serrana do Estado do Espírito Santo podem não saber o que fazer para resguardar seus direitos em situações como essa.

A medida mais emergencial é procurar o escritório do Incaper (Instituto Capixaba de Pesquisa e Extensão Rural) mais próximo e solicitar a emissão de laudo técnico para documentar os danos e perdas. Esse tipo de formalização é essencial para acionar seguro, cobertura do PROAGRO ou requerer a prorrogação automática de financiamentos bancários com recursos de crédito rural por 1 (um) ano sob as mesmas condições originalmente contratadas.

Os Decretos de Estado de Calamidade e Situação de Emergência também deverão ser utilizados para que os produtores rurais tenham embasamento jurídico ao requerer a prorrogação de seus financiamentos pelo Manual de Crédito Rural, que podem ser obtidas de forma administrativa junto ao banco ou judicial, caso o gerente se negue a proceder conforme a lei.

De todo o modo, se torna cada vez mais essencial que o produtor conte com a assistência técnica de um advogado de sua confiança que entenda a legislação específica, para que seus direitos sejam resguardados e sua produção não seja ainda mais prejudicada.


Comentários Facebook

Entre em contato


28 3553-2333
28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2020. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web