Dom, 16 de Jun
×

Busca

Tecnologia


Vaca mecânica é a única do Espírito Santo

Sistema de aleitamento artificial conta com apenas dois exemplares em todo o Brasil

Por Leandro Fidelis
1/06/2019 19h18
Atualizado em 12/06/2019 18h54

Foto Leandro Fidelis

O processo de robotização no agronegócio inclui também a produção leiteira. No bezerreiro coletivo da Laticínios Fiore em Venda Nova do Imigrante, região serrana do Estado, funciona o único sistema de aleitamento artificial do Espírito Santo. A máquina de tecnologia sueca é uma das duas existentes no Brasil.

O equipamento conta com um bico que simula o ubre da vaca e tem capacidade para atender a 100 bezerros ao mesmo tempo. Filhotes a partir do terceiro dia de vida mamam, por vez,1,5 litro da mistura de água com suplemento em pó. O tempo de absorção é de 7 minutos em média, o mesmo se o bezerro estivesse mamando na vaca. “A vaca não pode ficar disponível o dia todo, ao contrário da máquina”, explica o veterinário Jorge Araújo, gestor de negócios do Grupo Fiore.

Os bezerros são identificados por chips instalados em brincos. A cada mamada, a “vaca mecânica” faz a autolimpeza e lança os dados do chip para o computador, calculando quantos litros o animal consumiu por dia, em quais horários e programa o perído de desmama.

Segundo Araújo, a máquina melhora a qualidade de vida dos animais. O sistema completo custa em torno de R$ 100 mil. “Ela foi desenvolvida com foco no bem-estar animal. É programada conforme a idade do bezerro e ajusta a quantidade e a temperatura do leite conforme suas necessidades. Isto diminui os gastos com medicamentos”, avalia.

Outro ponto positivo, aponta o veterinário, é a especialização promovida no bezerreiro. “Enquanto a máquina funciona, o profissional pode desempenhar outras funções na fazenda. Ela não diminui a mão-de-obra, pelo contrário, a torna especializada”, diz Jorge Araújo.

*O áudio externo do vídeo não corresponde ao ruído original do equipamento.


Comentários Facebook

Entre em contato


28 3553-2333
28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2019. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web