Qua, 28 de Out
×

Busca

OCB TOPO

Viticultura


Marechal Floriano discute melhores técnicas de cultivo e processamento de uvas para vinho e suco

Por Coordenação de Comunicação e Marketing do Incaper
15/02/2019 22h15
Atualizado em 19/02/2019 19h18

O 5° Dia de Campo da Videira, realizado pelo Incaper e parceiros, reuniu cerca de 80 produtores da região. (*Foto: Divulgação)

O cultivo de uvas caiu no gosto os produtores rurais de Marechal Floriano e região. E para apresentar as alternativas que oferecem mais viabilidade econômica e as técnicas que devem ser seguidas para a produção de uva, suco e vinho, foi realizado o 5° Dia de Campo da Videira, na Vinícola Gardin Rubert, no distrito de Victor Hugo. A iniciativa foi do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) em parceria com o Senar/Faes e os Sindicatos Rurais de Domingos Martins e Marechal Floriano.

O Dia de Campo contou com mais de 80 participantes vindos de cidades como Castelo, Venda Nova do Imigrante, Alfredo Chaves, Afonso Claudio, Domingos Martins e Guarapari, além, é claro, de Marechal Floriano. “O evento cumpriu totalmente seu objetivo, que é mostrar alternativas para diversificação das propriedades e geração de renda. Houve boa participação de produtores de vários municípios, que querem melhorar sua eficiência no processo produtivo”, disse Cesar Krohling, extensionista do Incaper de Marechal Floriano.

Além de Krohling, outros profissionais do Incaper estavam envolvidos em passar informações aos participantes: o também extensionista Ubaldino Saraiva e os pesquisadores Hélcio Costa e Maurício José Fornazier. Eles abordaram principalmente os aspectos relacionados a análise de solo, nutrição e controle fitossanitário.

Profissionais da Prefeitura de Domingos Martins e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), abordaram o processo de adequação para regularização da produção de vinho e suco. O produtor rural Sereno José Gardin Rubert apresentou o tema “Processamento da uva da colheita até a produção de vinho”.

“A proposta do evento foi justamente mostrar as técnicas que devem ser seguidas, desde a seleção do local de implantação, passando pela escolha do sistema de condução, as variedades, os tratos culturais, como nutrição, poda, desbrota, manejo de pragas e doenças, entre outros. E ainda também tivemos a preocupação de mostrar que na atividade da produção de uva, é possível a industrialização para produção de vinho e suco”, acrescentou Krohling. (*Texto: Juliana Esteves e Cássio Simão)


Comentários Facebook

Entre em contato


28 99976-1113
jornalismo@safraes.com.br

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


SafraES

© 2018 SafraES.
Todos os direitos reservados.

© 2020. Todas as postagens do site SAFRA ES podem ser reproduzidas gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte: Site Revista SAFRA ES.
Produção / Cadetudo Soluções Web